Vale a pena conhecer Curaçau, ilha no Caribe?

Playa Kenepa Grandi
Geral,

Vale a pena conhecer Curaçau, ilha no Caribe?

Descubra Curaçao: Um Paraíso Caribenho sem Complicações para Brasileiros

Opinião pessoal de visita em março de 2024

Curaçao é um dos mais belos destinos do Caribe e uma escolha perfeita para suas próximas férias. Brasileiros não precisam de visto para visitar a ilha, o que torna o destino ainda mais atraente para quem busca uma viagem relaxante e sem burocracia. Além disso, agora é possível chegar a Curaçao em voo direto a partir do Brasil, facilitando ainda mais o acesso a esse paraíso.

Localização e Acesso

Curaçao é um país autônomo localizado no sul do mar do Caribe, a apenas 65 km da costa venezuelana. Junto com Aruba e Bonaire, Curaçao forma o arquipélago conhecido como Ilhas ABC. A capital, Willemstad, é o ponto de chegada para a maioria dos viajantes, especialmente com o novo voo direto do Brasil, saindo do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte – Confins.

Clima e Melhor Época para Visitar

A ilha é abençoada com um clima excelente durante todo o ano, com pouca chuva e temperaturas agradáveis. Um dos grandes atrativos é que Curaçao está fora da rota dos furacões, garantindo dias de sol em qualquer estação. Durante minha visita em março, pude aproveitar temperaturas amenas e um clima perfeito para atividades ao ar livre.

  • Melhores meses para visitar: abril, maio, junho e setembro.
  • Meses menos chuvosos: janeiro, fevereiro, março, abril, maio, junho, julho e agosto.
  • Alta temporada: dezembro, janeiro, fevereiro, março, julho e agosto.

Hospedagem: Onde Ficar

Curaçao oferece uma vasta gama de opções de hospedagem, desde charmosos hotéis boutique até resorts luxuosos com praias privativas. Aqui estão algumas recomendações:

  • Renaissance Wind Creek Curaçao Resort: Resort com piscina que forma uma praia artificial com vista para o mar.
  • Curaçao Marriott Beach Resort: Resort com praia privativa.
  • Dreams Curaçao Resort: Resort com serviço all-inclusive.
  • Mangrove Beach Corendon Curaçao: Resort all-inclusive com praia privativa.

Se você prefere um toque mais exclusivo, alguns resorts oferecem day use, permitindo que você desfrute das comodidades e praias privativas por um dia, mesmo sem ser hóspede.

Como eu não gosto de hotéis, optei por um Airbnb longe de Willemstad, na região de Sint Michiel. A área tem supermercados e bom acesso às melhores praias, mas é importante notar que Curaçao é como uma colônia de aposentados holandeses. Nos condomínios dessa região, a faixa etária dos moradores é bem mais avançada. Portanto, se você se incomoda com xenofobia de pessoas mais velhas, talvez seja melhor reconsiderar. A proprietária do Airbnb, que vive na Holanda, me tratou super bem pelo aplicativo, mas os representantes locais me fizeram lembrar do passado colonial holandês em relação a pessoas da minha origem.

Praias e Atividades

A verdadeira essência de Curaçao está em suas praias deslumbrantes. A ilha de Klein Curaçao, em particular, é um paraíso imperdível, com suas águas cristalinas e areia branca. Durante minha visita, fiz um passeio de barco até Klein Curaçao, e posso dizer que a experiência vale cada minuto de navegação.

Outras praias notáveis incluem Kenepa Grandi, Porto Mari e Cas Abao, todas oferecendo cenários magníficos e um mar espetacular. A famosa Mambo Beach, com sua atmosfera animada e um pôr do sol inesquecível, é ideal para quem busca agito e diversão.

Exploração Cultural

Além das praias, Curaçao oferece uma rica experiência cultural. Willemstad, com sua arquitetura colorida e vibrante, é um Patrimônio Mundial da UNESCO. A Ponte Queen Emma e as áreas de Otrobanda e Punda proporcionam um roteiro histórico fascinante. Aproveite também a vida noturna em Pietermaai, uma área repleta de bares e restaurantes.

Dicas de Viagem

  • Documentação: Brasileiros precisam de passaporte válido e comprovante de vacina contra febre-amarela.
  • Moeda: Florim das Antilhas (ANG), com cotação fixa em relação ao dólar americano, sendo 1 USD = 1,80 ANG.
    O dólar americano é amplamente aceito mas o melhor é ter Florim pois tudo que você compra em dólar é convertido pra Florim no valor do cambio local que está longe do oficial.
  • Língua: Papiamento, inglês e holandês são as línguas oficiais, mas muitas pessoas falam várias línguas, incluindo português mas o amis comum é que so falem a lingua de seu agrupamento étnico ou Holandês. Inglês só me serviu em praia muito grande e resorts, espanhol só achei uns 5 falantes em 10 dias.

Conclusão

Minha visita a Curaçao em março deixou diversas impressões marcantes. As praias são realmente deslumbrantes, mas algumas das menos populares apresentavam sujeira. Além disso, todas as praias badaladas cobram por cadeiras (5 dólares), mesas (7 dólares) e algumas até mesmo pela entrada (3 dólares por pessoa).

Apesar das belezas naturais e da rica cultura local, Curaçao tem aspectos que podem não agradar a todos. O clima é levemente menos quente que o resto do Caribe, o que pode ser um alívio. A facilidade de voos diretos do Brasil e a isenção de visto também são pontos positivos.

No entanto, a hospitalidade deixou a desejar. Sofri discriminação por não ser americano em diversos lugares, e a qualidade do serviço parecia diminuir quando percebiam que não pagaria em dólares ou não daria gorjetas generosas.

Para brasileiros, os preços podem ser bastante elevados. Uma cerveja em um bar pode custar até 8 dólares, enquanto no supermercado sai por cerca de 3 dólares. Uma garrafa de água mineral de 500 ml pode custar 2 dólares e um hambúrguer, 12 dólares. Se você gosta de beber, prepare-se: esses preços são de quiosques e supermercados, nos bares os preços são ainda mais altos. Em uma ocasião, um vinho e uma pizza para duas pessoas me custaram 75 dólares. Portanto, se você é do tipo que acredita que “quem converte não se diverte”, prepare-se para a fatura do cartão de crédito.

Recomendo: Com muitas ressalvas( tem lugar melhor no Caribe)

Bon Bini a Curaçao!

O quanto foi útil este post?

Clique em uma estrela para avaliar!

Classificação média 5 / 5. Contagem de votos: 1

Sem votos até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Profissional de marketing que adora viajar pela america latina. Gosto de escrever sobre os lugares que viajei e tecnologias novas.