São Paulo X

Park’n’Roll

Clima de festa marca festivais

kim-gordon.jpg
Dois festivais, públicos múltiplos e a sensação de 2009 vai ficar marcado como o ano de festivais bem-feitos. E parece estranho que tenham sido festivais novos que deram a cara e o pontapé inicial da temporada de shows no Brasil. Eu fui em um, do outro, apenas ouvi apaixonadas declarações no Facebook, Twitter e menções emocionadas no MSN. Mas no que fui, o Planeta Terra, o clima foi de festa.

Com os brinquedos funcionando até altas horas, mesmo depois do horário anunciado para encerrarem as atividades, era possível tomar uma porrada de Iggy Pop de um lado e sentir o sacolejo de uma montanha russa do outro. O espaço do Playcenter, especialmente criado para o fluxo de grande número de pessoas, firmou-se como um ambiente perfeito para festivais do tipo.

Mas nenhum show captou melhor o espírito do festival do que o Sonic Youth. Kim Gordon, vocalista e guitarrista, brincou e girou por quase dois minutos no palco durante a performance de “Jams Run Free”, como se estivesse em qualquer um dos brinquedos do parque. A distorção das guitarras combinavam com o barulhos de metal retorcidos dos brinquedos do parque.

Park’n’Roll

Comentários

Comentários

Sobre o Autor

adoroviagem

Adicionar Comentário

Dê sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *