Matérias

Gringos com Samba no Pé

Os destinos mais visitados pelos estrangeiros no Brasil

No ano passado o número de turistas que vieram para o Brasil foi bem expressivo, com 5,16 milhões de gringos passeando pelas terras tupiniquins. É um bom número mas ainda muito atrás do primo latino México que recebeu quatro vezes mais gente e a França, campeã com 78,95 milhões de pessoas.

Ainda existe muito medo por parte dos turistas em relação ao Brasil, grande parte devido à imprensa que retrata o país como um lugar selvagem e extremamente violento. Nós sabemos muito bem que não é bem assim, a violência de fato existe, como em muitos outros lugares, por exemplo o próprio México e os Estados Unidos. Qualquer viajante em qualquer lugar do mundo, em um país em que não está familiarizado com a língua, tem que tomar certos cuidados para não ser enganado.

Mas paralelamente a isso, muitos turistas que vêm para o país se apaixonam e costumam voltar várias vezes e até compram casas para viver em um eterno verão: férias de junho e julho no hemisfério norte, férias de dezembro e janeiro no hemisfério sul. Essa é a vida boa!

O Adoro Viagem selecionou as cinco paradas preferidas dos turistas no Brasil, afinal vivemos em um país lindo e antes daquela vontade descontrolada de conhecer destinos internacionais, por quê não escolher algo aqui mesmo, já que temos deserto, floresta, campo e cidades totalmente cosmopolitas dentro de um só território?

1- RIO DE JANEIRO (34,13% dos turistas)

Cartão postal do país e endereço de uma das sete maravilhas do mundo (sim, isso atrai muitos turistas que querem completar a sua listinha “Eu vi as sete maravilhas do mundo”). Ao mesmo tempo em que é uma cidade grande, o Rio possui uma natureza fantástica.

Até para quem mora no Brasil e chega em uma praia do Rio e vê homens e mulheres de várias idades com corpos super sarados fica impressionado, acrescente a isso a moda já antiga dos biquínis fio dental (de forma geral os biquínis na Europa e nos EUA são medonhos!), não dá para negar que isso interessa para muito turistas. Todos querem encontrar the girl of Ipanema.

Mas nem só de flores é essa viagem e os turistas devem prestar atenção nisso. Acontecem ainda os arrastões e algumas malandragens como a venda de água de coco por singelos 10 reais.

A polícia já está se mobilizando para evitar esse tipo de incidente durante a Copa e as Olimpíadas, mas é muito mais complicado do que parece. Na copa da África do Sul vendedores ambulantes não podiam chegar a 200 metros dos lugares aonde iam ser os jogos, ou seja não podiam andar livremente em seu próprio país. Seria essa a melhor solução? Definitivamente não.

Mas a estrutura do Rio com as favelas nos morros são motivo de curiosidade para muitos turistas e já existem programas de turismo para conhecer as favelas. Obviamente com algumas limitações os gringos podem conhecer esses lugares tão únicos (favelas do Rio são diferentes das favelas do México e das favelas da China e assim por diante).

Ao entrar na Rocinha e ver as pessoas vivendo em um estado ao mesmo tempo deplorável mas bem organizado, o turista receberá as informações de como o tráfico mantém a disciplina na comunidade que além dessa influência, ainda conta com vários projetos de ONGs, campos de futebol, comércio e até um McDonald’s!

Apesar de ter muita coisa legal para oferecer, ao ir para o Rio e se deparar com os tradicionais Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Copacabana e Mirante Dona Marta, o turista já vai ter uma viagem única!

2- FLORIANÓPOLIS (19,65% dos turistas)

A ilha tem muitas das praias mais impressionantes do Brasil (muito difícil falar isso, já que contamos com um litoral espetacular!). Praias como a Joaquina com sua areia branca e mar transparente deixam qualquer um impressionado.

Por ser perto de Blumenau, o turista que vier em outubro pode ir conhecer a nossa melhor Oktoberfest, que não faz feio em relação as demais do mundo.

A cidade é sinônimo de muitas trilhas, gente bonita, cachoeiras, baladas e turistas argentinos.

3- SÃO PAULO (18,69% dos turistas)

Principal cidade brasileira quando o assunto é dinheiro. Empresários de todo o mundo viajam para a cidade em reuniões de negócios.

Os Shopping Centers de São Paulo também enchem os olhos de qualquer viciado em compras, marcas internacionais pagas em reais deixam qualquer um que recebe em Euro ou Dólar muito feliz.

São Paulo é uma cidade de 13 milhões de habitantes e uma das poucas megalópoles do mundo. Aquela história de ir jantar todo dia em um restaurante diferente e nunca repetir não é nada infundada já que a cidade conta com milhares de restaurantes e sempre surgem novos. A culinária do mundo todo pode ser encontrada em um quarteirão ou Shopping e muitas vezes acrescida de um toque brasileiro. Quem for em um simples restaurante por kilo em uma quarta-feira, dia de feijoada, vai encontrar na parte de saladas vários sushis para acompanhar. Repare!

4- SALVADOR (13,47% dos turistas)

Chegar a Salvador e se deparar com uma cidade histórica, cheia de tradições e cultura por todo lugar em que se olha é uma experiência diferente até para os brasileiros que moram em outras regiões.

A miscelânea cultural que encontramos no Pelourinho com suas ruas de paralelepípedos e arquitetura colonial nos levam a uma verdadeira viagem histórica. As primeiras terras avistadas pelos portugueses já deram a mensagem: “Se gostaram do clima bom e da natureza latente, vocês ainda não viram nada”.

Salvador é uma cidade apaixonante e junto com o Rio tem um dos carnavais mais procurados por estrangeiros, que quando veem as pessoas pulando 12 horas seguidas atrás de um trio elétrico percebem a energia inesgotável do brasileiro.

Pobre turista que pedir um acarajé quente achando que o adjetivo diz respeito à temperatura.

5- FOZ DO IGUAÇU (12,94% dos turistas)

Não é difícil de encontrar algumas placas por lá escrito Iguassu ao invés de Iguaçu e até rolou um debate sobre a mudança da grafia legalmente. Dizem que a briga está ligada a origem tupi da palavra, mas inegavelmente o duplo “s” facilitou a vida dos turistas que não compreendiam direito o “ç”.

Quedas de água como as de Foz do Iguaçu nos fazem sentir pequenos e impotentes. Apesar de ter umas concorrentes por aí como a Niágara Falls, Foz do Iguaçu se garante com sua beleza própria.

Quem passa por lá ainda pode aproveitar o estado e conhecer a simpática e charmosa Curitiba ou então aproveitar a proximidade e fazer umas comprinhas econômicas no Paraguai (Não recomendamos!)

A cidade tem um foco maior no ecoturismo, nas trilhas, rafting, escalada em rocha, mas não…não dá para descer as cataratas em um barril, é lenda urbana.

Se de fato der certo todas as adequações para a Copa que foram prometidas isso pode impulsionar e muito os turistas a vir para o Brasil. Estradas melhores e aeroportos que não sejam tumultuados são imprescindíveis tanto para a movimentação interna como para a de fora. O turismo sexual é uma questão que há muito tempo é tema de debate mas ainda falta uma ação mais efetiva. Mas apesar de nós termos problemas políticos e sociais, de uma coisa todo brasileiro pode se orgulhar: Vivemos em país lindo, sempre com coisas novas para descobrir, sem necessariamente sair da cidade em que moramos!

Gostou? Então é só curtir a página do Adoro Viagem no Facebook e ficar sempre por dentro dos destinos preferidos dos brasileiros e dos estrangeiros!

Creditos das Imagens: Divulgação

 

Créditos: 5 milhões de turistas, 34% deles no Rio

Gringos com Samba no Pé

Comentários

Comentários

Sobre o Autor

adoroviagem

Adicionar Comentário

Dê sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *